Rede Saúde

Dicas de Saúde

Como chegar na terceira idade com saúde?

Saúde na 3º idade
Como chegar na terceira idade com saúde?
Chegar na terceira idade com saúde é um desafio para todos. Dependerá de todo um processo que foi construído durante toda a vida. Por isso a importância de cuidar da saúde desde cedo, para evitar problemas mais graves no futuro. Quanto mais cedo os bons hábitos forem adotados, maiores são as chances de chegar à terceira idade bem de saúde.

Os bons hábitos não envolvem, exclusivamente, a alimentação, apesar da importância. O famoso check-up anual é importante na vida de um homem e de uma mulher. Terão de fazer parte da vida os exames de glicemia, hemograma, triglicerídeos, colesterol total e exame de urina, que ajudarão a verificar se está tudo em ordem com o organismo e prevenir doenças mais graves.

Algumas atitudes contribuem para chegar à terceira idade com saúde, disposição e muita vontade de viver.

Entre elas, está o de exercitar o cérebro: a leitura promove reflexão e ajuda a estimular o raciocínio, além de evitar a perda de memória. Os jogos de videogames e de raciocínio também ajudam.

A segunda atitude importantíssima é a prática regular de exercícios físicos, prevenindo doenças como osteoporose e problemas cardíacos. As atividades também aumentam os níveis de serotonina, evitando a depressão.

Dormir pouco ao longo da vida pode trazer consequências no futuro, como aceleração do processo cognitivo, perda de memória e concentração. O ideal é descansar, no mínimo, oito horas por noite

Evitar tabagismo e a ingestão de álcool é essencial para uma vida na terceira idade saudável. Enquanto o álcool diminui a quantidade de vitamina A, o cigarro reduz o fluxo sanguíneo afetando na oxigenação dos tecidos da pele. Os dois ainda aumentam as chances de diabetes e hipertensão.<

Exercícios na terceira idade

Para quem está na terceira idade, os exercícios físicos devem ser iniciados após uma avaliação médica. As práticas devem ser regulares, pois trarão benefícios como autonomia, bem-estar, estímulo ao metabolismo, combate ao processo inflamatório, melhora das capacidades funcionais, redução de doenças, entre outros.

Alongamentos, dança, aeróbicas de baixo impacto, musculação especializada, pilares, yoga, caminhadas, atividades lúdicas e ginásticas gerais são algumas das atividades recomendadas para idosos. Elas devem ser acompanhadas de uma boa alimentação e consumo de muita água.